275 notes . reblog

Um dia… Lembra? Quando tudo começou… Sim. Todos nos lembramos. A gente viu aquela menina frágil, pálida, linda e deslocada despedindo-se de sua mãe. A gente viu aquela cidade fria, nublada, verde… Aquele amigo. Aquele colégio. A gente viu aqueles irmãos inacreditavelmente belos entrarem naquele refeitório e então a gente olhou nos olhos dele e sim, ele era diferente. E então cada um de nós percebemos que já não podíamos viver sem eles. Nós descobrimos o que realmente acontecia ali, todos os perigos que rodavam, todas as alegria possibilitadas, os mistérios encontrados no fundo de suas almas, porque sim, todos eles a têm. Nós descobrimos o quão desastrada e teimosa ela poderia ser, o quanto amor ela lhe ofereceu… E ele? O super protetor. O anjo. Ele lhe retribuiu esse amor, nos mesmos termos, na mesma sinceridade, na mesma pureza, ele lhe mostrou seu mundo. Eles nos mostraram a intensidade deste sentimento, eles nos mostraram o quanto devemos lutar, nós aprendemos. Muito. Nós choramos, nós sentimos, nós sempre vamos sentir… Esse emaranhado de emoções inexplicáveis que corre em nossas veias… Nós sentimos. Nós estamos aqui hoje, nós estaremos amanhã, e depois… Nós estaremos sempre. Amamos por cinco anos, amaremos por mais mil. Twilighter não é apenas uma designação, é um sentimento. Twilighter, um sentimento que nunca morre.